segunda-feira, 6 de junho de 2011

SER FELIZ - SER HUMANO

Desde que coloquei no ar este blog, em novembro de 2010, com o compromisso por mim - e para mim - assumido, de que sua atualização seria constante, muita coisa aconteceu. A repercussão tem sido bacana demais. 
São inúmeros os e-mails, ligações telefônicas, torpedos e saudações diárias, com manifestações de carinho, apreço e - de certa forma - reconhecimento pela proposta deste espaço, que aliás recebeu também lugar de destaque nas páginas do Jornal Noroeste, na Empresa Jornalística Noroeste, onde atuo há 25 anos.
A cada abordagem, uma nova reação e, com ela, o desafio de continuar - e ser melhor - cada vez mais. 
Sou humano, cheio de limitações, de falhas, de erros e - como cristão assumido - de muitos pecados. Mas é isto, sigo minha trilha, com a certeza de que muito tenho que aprender, aperfeiçoar para me transformar em um Ser Humano, digno de ser chamado assim. 
Não é fácil. A estrada é longa e tortuosa. Com curvas, obstáculos e inúmeros 'atalhos' dos quais nem sempre levarão ao caminho certo. Mas sigo em frente, errando e acertando. Talvez com mais acertos do que erro, sei lá - pelo menos este é o desejo. 
Amo a vida e os que me cercam e dela fazem - ou fizeram - parte. Tiro das lições o aprendizado, mesmo que venha a cometer - logo ali na frente - os mesmos equívocos. Amo o Ser e seus defeitos. Pois me vejo no outro, em suas vitórias e limitações, querendo ser gente. 
Acredito - mesmo que me custe caro - e aposto, que o outro pode mudar, ser melhor do que é. Perdoo. Aliás, não seria cristão se assim não agisse. Quem sou eu, nesta vida e neste aprendizado de ser Humano, em querer julgar, condenar, sem ouvir, sem tentar compreender e perdoar???? Assim fazendo, espero também o perdão.
Quero a felicidade, em sua plenitude e sua simplicidade e o mesmo desejo ao meu irmão. Aliás, o que é a felicidade? Para alguns, a dieta perfeita e garantia de um corpo em forma e para muitos, o pão na mesa, após um dia exaustivo de calos na mão. A geladeira nova, a viagem dos sonhos, o saldo positivo ou a paz no lar... não importa. O que se quer é ser feliz. Eu quero. E muito....todos os dias.....sempre. 
E você???? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário